Baile e Concurso Fantasia de Papel

31 Jan 15h Clube Português do Recife

A despedida das férias escolares deste ano vai ser em clima de folia, brincando como antigamente, no Bailinho Fantasia de Papel do Clube Português do Recife. É a 57ª edição do concurso infantil, evento que já se tornou tradição no Carnaval de Pernambuco e reúne crianças com idade entre 1 e 15 anos em uma disputa lúdica, de criatividade, beleza, cor e alegria, com fantasias especiais, feitas exclusivamente com papel. No total, serão distribuídos R$7 mil em prêmios para os vencedores das categorias baby, tema português, grupo, originalidade e luxo. Neste ano, o site Corujices.com participa da organização do evento, as Fadas Magrinhas fazem show especial de Carnaval, a cordelista e contadora de histórias Mariane Bigio será a apresentadora do concurso, e os foliões mirins vão participar também de uma oficina de maracatu com o Grupo Batuquinhos.

Fadas-Magrinhas_Divulgacao.jpg

Na área de estacionamento, a presença de food bikes e trucks, e uma feirinha de adereços carnavalescos.

Para concorrer a premiação, é preciso se inscrever na secretaria do Clube Português do Recife, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, de forma gratuita, até o dia 29 de janeiro.

O Bailinho é reconhecido como uma das principais matinês da cidade, e mantém o clima familiar cultivado desde o início da tradição lusa. Uma festa para avós, pais e filhos que querem apenas brincar e estar juntos para dançar e aproveitar o Carnaval. Tudo com muita segurança, tranquilidade e espaço para todos se divertirem à vontade.

O Fantasia de Papel é aberto a todas as pessoas, participando do concurso ou não. Toda a sociedade pernambucana está convidada para brincar Carnaval de uma forma saudável e segura.

Para mais informações, entrar em contato com a organização, por meio do (81) 98836-2720.

12418106_1505894946378353_3830496095626078333_n.jpg 12523102_1504665986501249_4149451622171250437_n.png


LOCAL

Clube Português do Recife

Avenida Conselheiro Rosa e Silva, 172 - Graças, PE, Brasil
Recife, Pernambuco

Comentários