BAILE TROPICAL COM CLICHÊ VANGUARDA E Abrad'Os Zóio

06 Mai 20h USINA CULTURAL DA ENERGISA - SALA VLADIMIR CARVALHO

SERVIÇO

Baile Tropical com as bandas Clichê Vanguarda e Abrad’os Zóio

Dia 06 de maio, às 20h

Usina Cultural Energisa

Ingressos na Sala Vladimir Carvalho: R$ 20 inteira e R$ 10 lista amigos e meia.



Clichê Vanguarda e Abrad’os Zóio se apresentam no Baile Tropical na Usina Cultural Energisa, no dia 6 de maio

A banda Clichê Vanguarda se apresenta, no dia 6 de maio, na festa Baile Tropical, na Usina Cultural Energisa. O evento, que começa a partir das 20h, vai contar, também, com show da banda Abrad’Os Zóio.

Os ingressos para as apresentações podem ser encontrados no dia na Sala Vladimir Carvalho, na Usina Cultural, aos preços de R$ 20 inteira e R$ 10 lista amigos e meia.

No repertório, a banda Clichê Vanguarda reserva músicas autorais e grandes versões, em uma mistura de ritmos ecléticos, que vão desde o rock, passando pela bossa, blues até a boa e velha MPB.

Com inspirações no passado e olhos voltados para o futuro, a banda Clichê Vanguarda se firma do cenário musical paraibano com músicas autorais que retratam as coisas simples da vida. Melodias e letras suaves fazem da banda, formada originalmente em 2003, uma das grandes promessas no cenário da música brasileira atual.

A banda – formada, atualmente, por Michael Sampaio (vocal), Odener Neto (bateria), Alcides Prazeres (teclado), Jasom Rocha (guitarra) e Felipe Kenedy (baixo) – grava, este ano, seu tão sonhado CD, fruto de 10 anos de trabalho. Na bagagem, traz um pé no passado e uma esperança em um futuro mais musical e poético.

A mistura de estilos como MPB, Rock and Roll, Soul, Bossa e Blues, faz da sonoridade da banda uma ode ao saudosismo, mas com mensagens, letras e ritmos cadenciados e harmônicos.

Para acompanhar as produções da Clichê Vanguarda, a banda mantem sempre atualizada e repleta de novidades sua página no facebook - https://www.facebook.com/
clichevanguarda.

Abrad’os Zóio - A banda, composta por Yuri Carvalho (vocal), Pedro Medeiros (Direção musical e guitarras), Murilo Albuquerque (contrabaixo), George Glauber (baterista), Lucas Dan (teclados e sanfona) e Pepeu Freire (percussão), vai apresentar no Baile Tropical influências sonoras desde João do Vale, Chico César a Pedro Osmar e outros artistas paraibanos de expressão nacional.

O grupo nasceu em 2011 de uma forma um tanto quanto despretensiosa e, aos poucos, foi agregando os componentes até sua atual formação. O intuito dessa união teve como principal proposta difundir o Funk-Rock-Oxente, uma mistura de ritmos efervescente feito especialmente em louvor à cultura e às raízes paraibanas, que tem agradado ao grande público de forma impactante. As letras e os ritmos instigantes, como o do Rock'n Roll, o groove da Funk Soul Music misturados ao regionalismo do Baião, Maracatu, Ciranda, Coco de Roda e as várias nuances da grande MPB, dão um novo significado à MPB, sendo assim, a Música Paraibana Bacana. Como principais influências sonoras e poéticas, a banda leva na bagagem trabalhos de artistas como Djavan, Lenine, Dominguinhos, Alceu Valença, Zeca Baleiro, Belchior, Vital Farias, Cátia de França, Chico César, Pedro Osmar, dentre outros.



LOCAL

USINA CULTURAL DA ENERGISA - SALA VLADIMIR CARVALHO

João Bernardo de Albuquerque, 243 - Tambiá, 58040-020
João Pessoa, Paraíba

Comentários