Café Tecnológico // Labirintos paramétricos: prototipagem e matemática

09 Mar 19:30 Estúdio LILO


Em primeira mão, o LILO inicia uma nova proposta de debate e informação. Seguindo o propósito de viabilizar experiências lúdicas com tecnologia de modo acessível, surge o Café Tecnológico. Trata-se de um bate-papo com grandes nomes do mundo da economia criativa, arte digital e design, voltados para o campo da inovação.


Por que fazer o Café Tecnológico?

O Estúdio LILO acredita na multiplicação de boas ideias e na divulgação de projetos interativos, sustentáveis, revolucionários. Nosso espaço de trabalho é aberto à perspectivas diversas e, por isso, tornar o Café Tecnológico um evento constante que permite atingir novos públicos e incluir a comunidade em debates sobre inovação e criatividade.


Como funciona?

Há convidados especiais a cada edição, e um mediador do LILO. Os ouvintes podem participar livremente, contribuindo com o debate por meio de perguntas, networking e degustando um delicioso café com a gente.


O que vamos debater?

Os temas são diversos, porém todos voltados para o campo da tecnologia e design de interatividade. Temas como Internet das Coisas, FabLabs, fabricação digital, experiência interativa, entre outros são fundamento para as futuras edições.


Quem colabora/quem contribui?

O principal parceiro é o Garagem FabLab, que funciona como uma extensão dos temas tratados em nossos debates. Através do Clube Maker, qualquer pessoa interessada pode colocar em prática os conceitos abordados. Para saber mais clique aqui: http://garagemfablab.com.br/clube-maker/.


Fique atento em nossas redes sociais e site!


Labirintos paramétricos: prototipagem e matemática


O que é o design paramétrico? Tema cada vez mais em debate, a parametria permeia questões da arquitetura, estética e tecnologia. De algum modo, a relação entre o cálculo e as formas potencializa a inteligência e a sensibilidade humanas. Sendo assim, a parametria enquanto ferramenta de criação redefine objetos, protótipos e projetos (em diversas escalas). A palestra abordará os pontos de vista de Patrick Schumacher, sócio de Zaha Hadid, para quem o "parametricismo" é o estilo arquitetônico contemporâneo; de Robert Woodbury, que pensa o paramétrico da perspectiva dos algoritmos e softwares; e de Daniel Davis, que considera como paramétrico a relação entre a matemática e a criação de softwares ou de projetos. O objetivo é levantar diferentes abordagens para determinar a relevância entre matemática e design, e como essa dupla impacta sobre a delimitação de fronteiras visuais, sensíveis e urbanas.


Lina Lopes

Artista e designer em Mídias Digitais, trabalha com projetos de Video Mapping, interatividade e luminotécnica. Graduada em Cinema pela USP, possui especialização em Iluminação e Design. Atualmente, é mestranda pelo programa de Pós-Graduação em Design pela Faculdade Anhembi-Morumbi. Lina desenvolve projetos de arte, design e tecnologia, através de programação e manipulação de imagens em tempo real (madmapper, processing, entre outros) e uso de computação física (arduino, raspberry Pi, etc).
LOCAL

Estúdio LILO

Rua Harmonia, 797 - Sumarezinho, São Paulo - SP, Brasil
São Paulo, São Paulo

Comentários