INSTITUTO DELTA ZERO PROMOVE  OFICINA SOBRE NAGI - NÚCLEO DE APOIO À GESTÃO DA INOVAÇÃO 

 

O Instituto Delta Zero (iDZ) vai realizar oficina sobre o Núcleo de Apoio à Gestão da Inovação (NAGI-PE), para esclarecer os associados sobre o programa, seus impactos para a Economia Criativa e o desenvolvimento dos empreendimentos, bem como o que fazer para aderir ao mesmo.

O NAGI-PE irá realizar diagnósticos individuais durante três meses em 160 empresas de oito setores econômicos do Estado  - dentre as quais 20 da Economia Criativa -  e entregar um plano de gestão de inovação,  batizado com as iniciais PGI. Com ele nas mãos, os empresários terão mapeadas as armas para combater perdas, ineficiência e falta de competitividade, entre outros gargalos em seus negócios.

O objetivodo iDZ  é fechar um grupo para trabalhar de maneira integrada, visando articular as potencialidades. O próprio Delta Zero será um dos empreendimentos que estará participando para montar seu PGI,

Apesar de ser custeado por recursos federais - R$ 4,67 milhões da Agência Brasileira da Inovação  / FINEP,  o trabalho do NAGI-PE exige uma contrapartida financeira das empresas. Essa varia de acordo com o porte do negócio. Pelo perfil da maioria das empresas do Instituto Delta Zero, de microempresas, com faturamento anual de até R$ 2,4 milhões, o valor é de R$ 1,5 mil, podendo ser pago parceladamente. Para outras faixas: R$ 3 mil para grupos médios, que faturam entre R$ 2,4 milhões e R$ 16 milhões; e R$ 15 mil para grandes companhias, com receitas anuais de até R$ 90 milhões.

O NAGI-PE tem o desafio de superar a falta de engajamento do empresariado local na busca por inovação.  É uma iniciativa do Porto Digital e do Instituto Euvaldo Lodi em Pernambuco (IEL-PE), com realização da FACTTA Consultoria.

 

Para acessar maiores informações – folhetos e formulários, enviar email para institutodeltazero@gmail.com

LOCAL

Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura

R. do Bom Jesus, 237, Recife - Pernambuco, República Federativa do Brasil
Recife, Pernambuco

Comentários