De tratamento entre homens incapazes de ter uma ereção deu um grande salto para a frente quando o primeiro medicamento de disfunção erétil oral (ED), Viagra (compra aqui protocolo da impotência o melhor tratamento), foi introduzido em 1998. Ambos os métodos têm a mesma queixa principal: Homens que usam injeções ou MUSE muitas vezes dizem que tirar a espontaneidade do sexo, porque é preciso tempo para preparar e administrar os medicamentos. Embora 70% dos homens com mais de 70 anos de idade ainda são sexualmente ativos, a disfunção eréctil não ficar mais prováveis? A medida que envelhecem. A probabilidade de um homem vai sofrer disfunção eréctil faz aumentar com a idade - 22 por cento dos homens com idade superior a 60 suportar o distúrbio embaraçoso.

difusao_eretil.jpg

Os exames laboratoriais serão realizados para identificar possíveis causas subjacentes da disfunção eréctil. Se um homem ainda recebe ereções mas eles não são tão difícil ou longa duração, como no passado, é bastante provável que um problema circulatório é responsável pela disfunção. Montague DK, Jarow JP, Broderick GA, et al: A gestão da disfunção erétil: uma atualização. Educação sobre sexo, comportamentos sexuais e respostas sexuais pode ajudar um homem a superar suas ansiedades sobre a disfunção sexual. Quase metade dos homens com mais de 75 anos de experiência ED, de acordo com o National Institutes of Health. Disfunção eréctil não é uma doença, mas um sintoma de algum outro problema - física, psicológica ou uma mistura de ambos. Vácuo Devices constritiva (VCDs): Esta é uma bomba que você coloca sobre o pênis. A disfunção erétil (ou impotência) é a incapacidade de um homem para obter ou manter uma ereção que permite atividade sexual com penetração.

O uso regular de uma bomba do pénis, como o Bathmate Hydromax pode ajudar a evitar ED desenvolver mais tarde na vida, uma vez que promove a circulação sanguínea saudável para o pênis. Antes de tomar qualquer medicação, discutir os possíveis efeitos colaterais com o seu médico, bem como quaisquer problemas de saúde anteriores, doença, e quaisquer medicamentos que está tomando. Medicamentos (antidepressivos, pílulas para dormir ou tranquilizantes e drogas para tratar a protocolo da impotência pressão arterial elevada, dor ou cancro da próstata), álcool, tabaco e drogas ilegais comumente causar ED.

Melhorias que o usuário observa depois de tomar estes medicamentos ou suplementos podem ser exemplos do placebo efeito de uma alteração que resulta simplesmente da crença da pessoa que uma melhoria ocorrerá no protocolo da impotência. Estes são conhecidos como inibidores de PDE5 - eles inibem uma enzima particular no pénis, a melhoria da resposta eréctil a estimulação sexual normal.

Não use alprostadil mais frequentemente do que o seu médico tenha ordenado ou em maior quantidade; uso indevido pode causar danos permanentes ao pénis. suplementos nutricionais populares para tratar a disfunção eréctil incluem bioflavonóides, zinco, vitamina C, vitamina E, e de farinha de linhaça. Este é um cilindro de plástico externo e bomba de vácuo suave de mão que puxa o sangue para o pénis. Depois de tomar uma história da função sexual e fatores médicos gerais, o médico fará um exame físico que pode incluir a verificação do pénis e testículos e, em homens mais velhos, a próstata. Uma ereção é então conseguida através da criação de um vácuo no interior do cilindro com uma bomba ligada ao cilindro. Os inibidores da fosfodiesterase: Esta classe de medicamentos inclui sildenafil, tadalafil e vardenafil.

Comentários