Enquanto todos dormem

12 Mar 2016 19h - 20 Mar 2016 19h Espaço Cena

ENQUANTO TODOS DORMEM

Amizade entre soldados embala romance em peça teatral no espaço cena.

Pedro e Luíz são dois jovens serventes do exercito, convocados para um treinamento especial no período pré-2°guerra mundial. Distantes de seu país e de suas famílias, eles dividem a angústia de um combate eminente. Em contrapeso com os dias tensos, eles desenvolvem uma amizade peculiar e vivem aventuras escondidas dos demais soldados. Esta é trama do espetáculo da MACA entretenimento em circulação pelas principais capitais e que estreia dia 12 de março em Brasília no Espaço Cena, sábados e domingos, com duas sessões por dia.

No palco, um acampamento militar é retratado. A história se passa em 1938, em terras latinas. Durante aproximadamente 1 hora, as lembranças de Pedro Andrade, vividas ao lado de seu companheiro, o instigante e perturbador Luiz Gustavo Silva, serão evocadas. A amizade dos rapazes se transforma em um romance explosivo, contado através de um texto contrastante: leve e denso. Isto porque trata-se de um recorte na vida de dois garotos cheios de saúde e sonhos, inseridos em um contexto nada favorável. A angústia, quase que velada, escapa em alguns momentos com humor. O escape, aliás, é o motivo que faz os personagens se unirem. Um encontra no outro um motivo bom para se estar ali.

Pedro é o personagem central da trama. São as lembranças dele que serão compartilhadas com o público. Franzino e reservado, ele encontra em Luíz uma admiração particular, quase como a de um ídolo. Distante de seu universo, Luíz o apresenta a um mundo repleto de liberdade e adrenalina, com boas pitadas de provocação sexual. Fato este que leva Pedro a enxerga-lo como um "adversário declarando guerra à sua libido". Quanto mais a relação se estreita, mais desperta a curiosidade dos demais soldados, somando ao espetáculo mais um ponto de tensão.

A montagem, regada de diálogos ágeis e imagens contemplativas, utiliza-se de códigos teatrais inusitados para representar e resolver alguns elementos trazidos ao palco. O "faz de conta" é logo instaurado quando alguns personagens são apresentados através de sons de animais. Da mesma forma, o público e os artistas se tornam cúmplices ao enxergarem juntos uma montanha retratada com caixotes. "É o que faz do teatro, o teatro" - conta Thiago Cazado, autor e ator da peça, que divide o palco com o ator Carlos Valença.

O espetáculo fica em cartaz durante dois finais de semana no Espaço Cena (205 norte), de 12 a 20 de março, com apresentações aos sábados (19h e 21h) e domingos (17h e 19h). Ingresso antecipados sem taxas através do site www.eventick.com.br/maca ou na bilheteria do teatro nos dias de apresentação, a partir das 15h. Os ingressos custam 50,00 (inteira) e 25,00 (meia). O espetáculo é proibido para menores de 16 anos e contém nudez. Informações: 3349-3937

Serviço:
12 a 20 de março, aos sábados e domingos.
Sábado: sessões às 19h e 21h
Domingo: Sessões 17h e 19h
Espaço Cena – 205 Norte
Ingressos: 50,00 (Inteira) 25,00 (Meia)
Ingressos à venda antecipados sem taxas pelo site www.eventick.com.br/maca ou na bilheteria do teatro nos dias de apresentações, a partir das 15h.
Pagam meia: Estudantes, professores da rede pública de ensino, menores de 21 anos, Idosos maiores de 65 anos e pessoas munidas de panfleto. É possível imprimir o panfleto na página da peça: www.facebook.com.br/enquantotodosdormem
Informações: 3349.3937
Classificação Indicativa: 16 anos. (Contém nudez)


Ficha Técnica:
Texto e Direção: Thiago Cazado
Assistente de Direção: Luiza Pomar
Produção: Marina Falcão
Produtor Associado: Mauro Carvalho
Realização: Maca Entretenimento
Cenografia: Armando Araujo
Iluminação: Ludmila Maria
Elenco: Carlos Valença e Thiago Cazado
Técnico de luz: Antônio Cezar
Trilha Sonora: Joaquim Menezes
Contra-regra: Maria Soares
Arte Gráfica: Mauro Carvalho
Fotografia: Marcus Valdetaro
Assessoria de Imprensa: Território Cultural Comunicação.
Comentários