Mergulho de 6 empresas brasileiras no Vale do Silício.

22 Jun 18:45 Co-necta Coworking

O ORGANIZADOR DESSE EVENTO FOI

Daniela Asdente

Espaço de inovação, coworking, aprendizado e desenvolvimento de negócios. Comunidade colaborativa.

Como 6 empresas brasileiras mergulharam no Vale do Silício:
"Mexendo com a cabeça de empreendedores".

Neste 3º encontro da série Good Ideas Co-nnect, o tema do bate-papo colaborativo será sobre o mergulho de Startups no Vale do Silício.
Mais especificamente, o Paulo irá nos contar sobre a experiência de 6 empresas residentes no Porto Digital no Recife levados através de um programa desenvolvido por ele, para um período de imersão e mentorias de trabalho de 8 semanas no Vale do Silício entre 2015/2016.
E o mais importante, o que representou a internacionalização e esta experiência na vida destes empreendedores. Vamos conhecer o depoimento de um deles.

Quem é o Paulo C. De Miranda? Na década de 80', aos 23 anos, antes mesmo de ingressar na universidade, participou de sua primeira atividade profissional internacional junto à OEA e depois nas Nações Unidas. Esteve no Caribe, África, Europa e América do Sul, sempre envolvido em gestão de crises e negociações de paz. Executando mais de US$ 150 milhões em ajuda humanitária, no início da década de 90’, Paulo gerenciou campos de refugiados e operações de desarmamento e remoção de minas na América Central. Também trabalhou com o The United States Institute of Peace, Aspen Institute e com o ex-presidente Jimmy Carter, na Nicarágua. Em 1997, escapou de tentativa de sequestro na Colômbia, convivendo com a guerrilha por 33 dias. Depois, trabalhou com o BID, Banco Mundial, Chevron Corp., IFC, PNUD e outras entidades internacionais em temas ligados a políticas para o desenvolvimento, empreendedorismo, tecnologia e internacionalização de empresas. Idealizou e liderou um programa de apoio a incubadoras tecnológicas em 13 países em desenvolvimento, com um portfólio de investimento de 21 milhões de dólares junto ao Banco Mundial e parcerias com organizações brasileiras. Desde 2001, trabalha assiduamente com instituições e empresas de tecnologia e startups no Brasil na Anprotec, Sebrae, Fundação Certi, Tecpar e outros. Em 2005, coliderou o Grupo de Trabalho sobre Capital de Risco constituído pelo Governo Federal. Atuou também em Angola, Grécia, Índia, Jordânia, México, Portugal, Sérvia, Turquia e Uruguai. Já participou de dezenas de programas de avaliação de empresas de tecnologia. Como diretor da IASP, na Espanha, publicou o primeiro e único atlas mundial sobre ambientes de inovação e empreendedorismo reconhecido pelo jornal The Wall Street Journal e pelos mais importantes parques tecnológicos do mundo. Publicou alguns pequenos artigos e palestrou em diversas conferências internacionais. Em 2014 co-desenvolveu uma patente em sistemas e métodos. Foi Diretor do Parque Tecnológico São José dos Campos. Atualmente, é conselheiro não executivo do Porto Digital e mentor da JumpBrasil Aceleradora. Idealizou e executou o programa de internacionalização das empresas do Porto Digital no Vale do Silício. É colaborador da Mind The Bridge Foundation, também no Vale do Silício. Atua como consultor de estratégia e novos negócios. Graduou-se na Universidade de Maryland e concluiu mestrado em Administração e Políticas Públicas pela The Maxwell School, na Universidade de Syracuse, também nos EUA. Recebeu fellowship do The United States Institute of Peace e do Communications and Society Program, do Aspen Institute.

O Alexandre Viola, founder da Startup Arbitranet, empresa acelerada pela Aceleratech em São Paulo, recém instalado em SJC, no Co-necta coworking, será um dos facilitadores :-)

O Antônio Morelli, diretor geral e Sócio fundador da AGRONOW, Startup de agronegócio que traz solução inovadora de previsão de safras com alta taxa de acerto, também será um facilitador do bate-papo! Vai ser bom!!!!!


LOCAL

Co-necta Coworking

Praça Chuí, 35 - Vila Ema, São José dos Campos - SP, Brasil
São José dos Campos, São Paulo

Comentários