Temporada "Quando A Vela Apaga" | OUTUBRO

01 Out 19:51 - 30 Out 00h Pinacoteca Potiguar (entrada portão de ferro lateral)

Este evento não tem tickets disponíveis no momento.
Ticket Valor

{{ticket.name}}

(desconto de )

{{ticket.description}}

(desconto de )

{{ticket.date}}

Esgotado

{{ticket.quantity}}
O espetáculo itinerante "Quando a Vela Apaga" trata do medo e outros horrores dentro de uma"mansão clássica", a Pinacoteca Potiguar. Fruto do Núcleo de Ações Formativas ministrado pelos integrantes da Cia, a obra resgata contos e figuras de suspense e terror do imaginário popular. A plateia é convidada a embarcar numa verdadeira aventura nas dependências do antigo Palácio da Cultura, como estar na cenografia de um filme de terror. Um percurso com cenas e intensas surpresas, onde uma equipe de mais de 20 artistas e técnicos se desdobram fazer diversas ficções ganharem a realidade.

Todos os finais de semana de outubro (sábados e domingo) serão apresentados, sempre às 19h, na Pinacoteca Potiguar. Serão abertas 10 sessões ao todo no mês. Com classificação de 16 anos, e entrada proíbida para cardíacos ou diagnósticos do tipo.

Passaportes podem ser adquiridos na loja SCALA Midway Mall, porém não com meia entrada promocional. Só aqui no site você encontra o passaporte por R$ 15,00 (promocional) e aceitando cartão.





Saiba mais:
O público potiguar poderá viver uma programação diferenciada no mês de outubro, mês de halloween, em Natal. O ator José Neto Barbosa, envereda em novas experimentações com a SEM Cia de Teatro (Sentimento, Estéticas e Movimento) e apresenta uma nova temporada do espetáculo itinerante "Quando a Vela Apaga", que trata do medo e outros horrores numa "mansão clássica".

Fruto das ações formativas ministradas pelos integrantes da Cia (José Neto, Mylena Sousa e Paulo Sergio Gurgel), a obra resgata contos e figuras de suspense/terror do imaginário popular. A plateia é convidada a embarcar numa verdadeira aventura nas dependências do antigo Palácio da Cultura. Um percurso com cenas e intensas surpresas.

O espetáculo ocupa a Pinacoteca, com incentivo da direção da instituição, num encontro e inclusão de artistas em sua maioria sem grupos/cia/coletivos de teatro. O diretor da peça relata que é momento de inclusão, formação e espaço para os atores que normalmente não têm oportunidade de trabalhar e vivenciar suas habilidades:

“Precisamos repensar os espaços da cidade, e questionar sempre os caminhos criativos e comportamentos do fazer teatral não só em Natal. É sim um processo de ocupação de um lugar que ultimamente parece se abrir mais ao público potiguar, logo nesses tempos de teatros fechados na cidade. ‘Quando a Vela Apaga’ parte inclusive da relação com os móveis e arquitetura de lá e surge também em um momento de escuridão, ou melhor, em uma fase delicada para os artistas. O teatro precisa se firmar enquanto movimento na socieade, sendo polítizado, relacional e inclusivo.”

Segundo José Neto Barbosa, o público vai se deparar com um espetáculo vivo e em constante metamorfose. “A cada sessão experimentamos ações, reações e cenas diferentes. Acreditamos que uma peça de teatro não é só ficção, nunca está completamente pronta, e se faz da relação com a plateia. Para quem acredita ou não, a Pinacoteca no período noturno é sim um lugar onde fatos estranhos acontecem,nem os próprios funcionários de lá gostam de frequentar as dependências do pálacio durante a noite. Inclusive durante as apresentações e ensaios presenciamos situações que não encontramos explicações: velas que sem apagam sozinhas, torneiras que se abrem sozinhas, portas que se trancam, ruídos, vultos. Muitas vezes os atores são pegos de surpresa na cena. E o teatro é isso, é vivo.”

“Quando a Vela Apaga” estreou no primeiro semestre de 2016 com direito a sessões extras esgotadas. Conta com mais de 25 profissionais.

· Direção:

José Neto Barbosa

· Assistência de direção:

Isadora Gondim, Sergio Gurgel Filho, Mylena Sousa.

· Dramaturgia:

S.E.M. Cia de Teatro (Sentimento, Estéticas e Movimento)

· Elenco:

Arthur Bezerra, Caio Rodrigues, Camilla Custódio, Carla Gameiro, Carla Michelle, Deborah Custódio, Diógenes, Giovana Tinoco, Isadora Gondim, José Neto Barbosa, Luanna Oliveira, Mateus Freitas, Meg Vasconcelos, Robson Medeiros, Ruston Liberato, Sergio Gurgel Filho e Weynia Rocha.

· Cenário:

Pinacoteca Potiguar

· Produção:

José Neto Barbosa, Diógenes, Mylena Sousa, Isadora Gondim, Caio Rodrigues e Sergio Gurgel Filho.

· Assessoria de Comunicação:

Ruston Liberato

· Coordenação do espaço:

Samuel Lins

LOCAL

Pinacoteca Potiguar (entrada portão de ferro lateral)

Praça Sete de Setembro - Cidade Alta, Natal - RN, Brasil
Natal, Rio Grande do Norte

Comentários