Quanto Vale o seu Resíduo?

31 Ago 2016 09h - 31 Ago 2016 18:30 Ahead

O objetivo principal do evento é expor os principais desafios encontrados na monetização dos residuos industriais brasileiros por especialistas renomados na área, empresários com soluções inovadoras e disruptivas, casos de sucessos inspiradores para um mercado extremamente carente através de palestras e networking.

evento3.PNG
Hoje o Brasil está entre os países que mais geram resíduos a partir de sua indústria, que na sua maioria são os resíduos sólidos, e esses se apresentam, normalmente, como problemas sem solução e que geram custos para sua destinação adequada; não sendo aproveitados e somente descartados. Porém, esses materiais possuem grande potencial para serem reciclados ou até mesmo reutilizados pela própria indústria ou recebendo outras finalidades e por não serem devidamente valorizados representam uma perda de aproximadamente R$ 20 bilhões de reais por ano em negociações que poderiam ser realizadas. Evidenciando que se trata de um mercado extremamente carente e que necessita de inovação e incentivos como proposto por este evento.
A B2Blue.com atua como uma plataforma online inteligente que possui como principal ferramenta a conectividade entre indústrias e empresas, mais de 13 mil cadastradas atualmente, de diversos segmentos em todo o território nacional para inovar, incentivar, valorizar e comercializar resíduos sólidos. Além de possuir uma base de dados de mais de 7 mil tipos de resíduos identificados e traduzidos para os diferentes perfis de usuários, valendo-se de uma tecnologia nova e desenvolvida especificamente para esse segmento.
O evento irá tratar dos temas mais relevantes para o mercado de resíduos como os aspectos legais, fiscais e tributários ligados a comercialização e valorização, logística reversa, dinâmica de conectividade industrial, gerenciamento de resíduos, preços de mercado e cases inovadores.

*Associados FIESP: 10% de desconto
** Inscrições até 15/08 :10% de desconto


LOCAL

Ahead

Rua Claudio Soares 72
São Paulo, São Paulo

Comentários