O Silêncio e O Caos

27 Fev 18h Teatro Marco Camarotti

No palco, o pernambucano enfrenta, sozinho, o desafio de estar frente a frente com as dificuldades enfrentadas há pouco tempo atrás. E é, justamente, na coragem de enfrentar medos e histórias antigas, que o espetáculo consegue se aproximar do espectador: o conteúdo do solo está presente em âmbito universal, uma vez que muitas pessoas passam por situações similares e, por medo ou preconceito, evitam expor as suas tragédias pessoais. Aqui, em O Silêncio e o Caos, não: Dielson expõe tudo de si, de sua doença e recuperação e, em cada gesto, salienta que o fato de ter bipolaridade e poder investigar e comentar sobre este problema auxilia no processo de autoconhecimento e fortalecimento do indivíduo, deslocando o assunto para uma questão da sociedade e não mais como único e pessoal.

Dias 27 e 28 de fevereiro, com sessões as 18 e 21h nos dois dias.
Participação dos djs Lucas Ferraz, Renato da Mata, Indigo e Pachka.
Comentários