SPANDA

27 Set 2016 20:30 - 13 Out 2016 20:30 SUPERLOFT

Este evento não tem tickets disponíveis no momento.
Ticket Valor

{{ticket.name}}

(desconto de )

{{ticket.description}}

(desconto de )

{{ticket.date}}

Esgotado

{{ticket.quantity}}
Spanda é um espetáculo de teatro e dança, performático e multimídia, inspirado no conceito de "monólogos articulados", do psicanalista Jorge Forbes. Em cena, um casal dança, diz textos desconexos, se desencontra, busca pela compreensão e pelo afeto possíveis, num jogo que envolve o desejo de se comunicar e os medos de se viver em um mundo cada vez mais desbussolado, que nos desafia à rever velhas fórmulas em busca de uma nova conexão, mais real e genuína. O espetáculo integra teatro, dança, performance, vídeo e música, possibilitando uma reflexão sobre o modo como temos nos relacionado na contemporaneidade. Uma realização do grupo DEVAS Núcleo performático, produzido pela Clareia Produtora.


Sobre o DEVAS - Núcleo Performático:
Criado em 2012, o DEVAS - Núcleo Performático formou-se por artistas egressos das áreas de dança, música e teatro.
Com base na performance e dança contemporânea, o grupo tem investigado o diálogo entre diferentes fazeres artísticos para a elaboração de um processo e estética de trabalho próprios.
Seu escopo de atuação abrange diferentes plataformas de experimentações, a partir de formatos como: performances, exposições fotográficas, arte sonora, entre outros que surjam de forma viva no processo criativo do grupo.
LOCAL

SUPERLOFT

Rua Cardeal Arcoverde, 2926 - Pinheiros, São Paulo - SP, Brasil
São Paulo, São Paulo

ORGANIZADOR

Clareia Produtora

A Clareia é um produtora de projetos e conteúdos socioculturais que promove iniciativas com valor simbólico e transformador, buscando integrar cultura, comunicação e responsabilidade social em suas ações. A identidade da empresa está em sua abordagem interdisciplinar e transmídia, na qual se baseiam seus projetos, de modo a explorar as interfaces da cultura com a arte, o meio ambiente, a educação e o desenvolvimento social.

Comentários