Preenchimento Indicadores Sustentabilidade para Empresas de Tecnologia

20 Mai 2015 18h - 31 Ago 2015 23:59

A Vertical Sustentabilidade da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE) apresenta a ferramenta “Indicadores de Sustentabilidade para Empresas de Base Tecnológica”. A partir do questionário, desenvolvido e testado pela vertical utilizando metodologias reconhecidas internacionalmente, as empresas de tecnologia de Santa Catarina terão acesso pela primeira vez a um conjunto de parâmetros para atestar o nível de sustentabilidade, a partir de cinco dimensões (cultural, ambiental, político-estratégica, econômica e social) e seus subtemas.

O diretor da Vertical Sustentabilidade da ACATE, Gerson Luiz Zimmer, explica que a motivação para o estabelecimento dos padrões partiu da importância de desmistificar e difundir o conceito de negócio sustentável entre as empresas de tecnologia. “Esperamos que elas compreendam em que áreas precisam se desenvolver e que adotem a sustentabilidade como estratégia de negócio, diante de temas emergentes, como as mudanças climáticas e a necessidade de uma cultura baseada em valores, por exemplo, garantindo a perpetuidade das organizações.”

A ferramenta Indicadores de Sustentabilidade para Empresas de Base Tecnológica considera essencialmente os níveis de: governança e processos de gestão; valores, ética e práticas relacionadas à cultura organizacional; desempenho econômico, presença no mercado e inovação; consciência, gestão e conformidade ambiental; dimensão social de produtos e serviços, relação com a comunidade, respeito aos direitos humanos, gestão de pessoas e práticas de trabalho e promoção de saúde e segurança.

A entrega dos questionários e a conclusão do diagnóstico da Vertical Sustentabilidade deve ser realizada até o final do primeiro semestre deste ano. “Para os associados, o preenchimento das questões já será um momento para a empresa parar e refletir sobre suas ações atuais. Para a ACATE, a ferramenta tangibiliza a missão da ACATE, que é contribuir com o fortalecimento das empresas de tecnologia e inovação de Santa Catarina, consolidando o setor como propulsor de desenvolvimento sustentável”, antecipa Zimmer.

As metodologias que fundamentaram a elaboração da ferramenta foram os Indicadores Ethos e o modelo da organização Global Reporting Initiative (GRI), ambas focadas em medir o desempenho econômico, social e ambiental. O resultado do trabalho será um calendário de capacitações com as demandas das empresas, a partir do segundo semestre de 2015 e em 2016 nos polos conveniados à ACATE em todo o Estado.

Inscreva-se neste pré-cadastro e receba no seu e-mail o link para preenchimento dos indicadores.

Comentários