VerticAlmoço-Fusões,aquisições,investimentos em empresas de tecnologia

04 Ago 2015 12h - 04 Ago 2015 14h Centro de Inovação ACATE | CIA – Primavera

A edição de agosto do almoço das Verticais de Negócios da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE) trará palestra sobre as tendências em fusões e aquisições de empresas de tecnologia. A apresentação durante o VerticAlmoço será feita pela advogada Mariane Silveira Pinhão, do escritório Pinhão e Koiffman Advogados, com atuação voltada ao setor tecnológico e patrocinador institucional da ACATE na cota ouro.

O setor de TI foi líder no ranking de fusões e aquisições no primeiro quadrimestre de 2015, de acordo com informações divulgadas sobre relatório da network global PwC. Das 268 transações ocorridas no Brasil até abril, as empresas de tecnologia estiveram em 20%. Já em 2014, o crescimento das transações envolvendo o setor tecnológico era de 52% em relação ao ano anterior, segundo a mesma organização.

Diante do cenário de ascensão, a palestra abordará as implicações que as operações de fusão e aquisição podem trazer nos âmbitos societário, fiscal e patrimonial, bem como as precauções a serem analisadas no que se refere a reorganização societária, proteção a patrimônios familiares, imobiliários e financeiros diante da entrada de investimentos.

Mariane Pinhão é sócia-fundadora do Pinhão e Koiffman Advogados, escritório especializado em tecnologia e inovação com 14 anos de história. É especialista em Direito Societário, Fusões e Aquisições e Planejamento Sucessório e coordena umas das equipes responsáveis pelas relações societárias e recepção de investimentos.


Neste VerticAlmoço será lançada a Rede de Investidores Anjo SC – RIA SC

A ACATE, em parceria com a Anjos do Brasil, lançam em Santa Catarina a Rede de Investidores Anjo, cujo objetivo é conectar as empresas de tecnologia com alto potencial de crescimento aos investidores Anjo, com o intuito de fomentar a cultura do investimento Anjo, estabelecendo novas parcerias, networking e colaborando com o empreendedorismo e inovação no Estado.









Comentários